Gualtar

Gualtar é uma freguesia portuguesa do concelho de Braga, com 2,74 km² de área e 5 286 habitantes, a sua densidade populacional é de 1 929,2 hab/km².

Gualtar
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
  • BelleVille Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda
A freguesia de Gualtar compreende os lugares de Arcela, Bairro Henriqueta, Bairro Novo, Barreiro, Barros, Bela Vista, Bouça, Crespa, Estrada Nova e Estrada Velha, Friande, Igreja, Lage, Monte de Baixo, Mourisca, Poça e Vergadela. Dista cerca de 2 km da sede do concelho, e está situada na margem direita do rio Este.
Nela podemos encontrar uma grande variedade de superfícies comerciais e de serviços, espaços noturnos, o "Campus de Gualtar" onde encontramos o edifício da Universidade do Minho, farmácias, grande afluência de transportes públicos, e muitos mais pontos de interesse. Também são grandes as acessibilidades e facilidades para se dirigir a qualquer ponto da cidade através de Gualtar.

Indústria e Artesanato da Freguesia

O artesanato na freguesia é caracterizado essencialmente por rendas e bordados, restauração de móveis antigos e trabalhos em verga e palhinha. Ocupa neste último, lugar de relevo o fabrico de cestas, chapéus, peças de mobiliário decorativo, candeeiros, além das típicas "croças" de junco (gabardina das gentes dos campos). Relativamente ao restauro de móveis antigos, Gualtar assume-se como uma das freguesias que faz com que a arte da marcenaria e da carpintaria do concelho de Braga se torne famosa em todo o norte de Portugal.

Actividades económicas: indústria, comércio e serviços.
Festas e romarias: S. Brás (2 e 3 de Fevereiro).
Artesanato: rendas e bordados, restauração de móveis antigos.
Associativismo: Associação Desportiva e Cultural de Gualtar, Associação Juvenil de Gualtar, Grupo Teatral Amador de Gualtar, ORION – Sociedade Científica de Astronomia do Minho, Agrupamento 219 de São Miguel de Gualtar, Grupo de Concertinas de Gualtar, Sporting Clube do Bairro Novo, Barros Futebol Clube, Grupo Coral
Localização da zona